quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

I Love Cine: Três filmes gays que recomendo!


Sempre gostei de encontrar representatividade em tudo que faço, ouço e vejo. Em novembro/dezembro de 2016 resolvi embarcar em filmes gays, assisti muiiiitos e admito que detestei muitos. Sou o louco que só gosta de finais felizes A verdade é que muitos filmes eram repetitivos e tratavam de coisas nada inovadoras ou construtivas.

Fiz uma lista de três filmes que assisti e logo pensei: ME SOLTA PRECISO RECOMENDAR!

C.R.A.Z.Y Loucos de Amor - 2005


Título: C.R.A.Z.Y Loucos de Amor
Autor/Diretor: Jean - Marc Vallée
Gênero: Drama
Ano: 2005
País: França












O filme conta a história de Zac, um jovem que se encontra na fase de descobertas sexuais. O filme ainda retrata o péssimo relacionamento que Zac tem com seu pai e seus QUATRO irmãos. A história é passada em Quebec na década de 1960/1970. 

CURIOSIDADES:

O título "C.R.A.Z.Y" é por causa das iniciais dos nomes de Zac e seus quatro irmãos: Christian, Raymond, Antoine, Zachary, e Yvan.
Zac, assim como eu, é um grande fã de David Bowie e isso foi um dos motivos que me fizeram correr pra assistir o filme.

É um filme que retrata a realidade de muitos jovens homossexuais. Os problemas familiares, o desanimo com a vida e claro a dificuldade em se aceitar.

NOTA: 9.0

Eat With Me - 2014

Resultado de imagem para eat with me filme
Título: Eat with Me
Autor/Diretor: David Au
Gênero: Drama
Ano: 2014
País: EUA











Quando a conservadora Emma vai morar com seu filho distante, que é gay, os dois vão ter que fazer algumas mudanças em suas vidas, como aprender a se reconectar e voltar a ter uma vida de mãe e filho. Como as divergências são grandes, eles vão fazer isso através do que entendem: os alimentos. Mas ainda assim vão enfrentar o medo crescente da intimidade.

CURIOSIDADES:

Um filme gay que da destaque para atores/personagens japoneses.
Eu tenho muitos elogios pra fazer sobre esse filme. É um filme simples,lindo, realista e feito pra se identificar. Me envolvi muito com a história.  Elliot foi o ponto de partida pra reconectar a relação dos país e fazer com que a mãe entendesse, mesmo depois de anos, que sua forma de amar é mais que válida. É justa e certa.

NOTA:10


Esteros - 2016



Resultado de imagem para esteros

Título: Esteros
Autor/Diretor: Papu Curotto
Gênero: Drama
Ano: 2016
País: Argentina/Brasil










Matias e Jeronimo são dois grandes amigos que cresceram juntos em Paso de Los Libres, uma região simples e folclórica na Argentina. Durante sua adolescência, surgiu uma inesperada atração sexual entre os dois, que viveram os sentimentos com curiosidade. Mas a vida acabou separando seus destinos. Após anos afastados, eles lidam de maneiras totalmente distintas com as lembranças do passado. Mas, quando os dois se reencontram, o sentimento renascerá e se confrontará com todos os tipos de conflitos morais.

CURIOSIDADES:

O filme é uma parceria entre produtores argentinos e brasileiros. O ator brasileiro Felipe Titto aparece em algumas cenas.

Esse filme é uma fofura e cheio de flashbacks sobre a infância/pré adolescência dos dois personagens. O filme é de bastante sofrência mas ensina que mesmo com o passar dos anos se for pra ser será. Fiz a romântica.

NOTA:9,0

Esse é meu post sobre recomendações de alguns filmes gays que assisti nesse meio tempo e precisava recomendar. Se acha que faltou ou quer me recomendar algum, deixa nos comentários. Vou ficar muito feliz e logo vou procurar pra assistir.

2 comentários:

  1. Crazy é um bom filme, né?! Sensível, tocante... Eu adorei! :) Você já assistiu "Orações para Bobby"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já assisti sim. É linda a história. Uma pena que a mãe do Bobby precisou perde-lo pra entender quem era o filho. Infelizmente é um realidade muito presente na nossa sociedade, né? :/

      Excluir

Copyright © 2017 | Design : Sanyt Design | Tema: Blogger | Diário Pessoal • voltar ao topo